sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Na verdade, acho que a vida é um filme.
E nós, os atores principais.
O tempo todo estão nos filmando.
O bom disso, é que cabe a nós, e somente a nós,
a escolha do gênero do filme.
Comédia, drama, terror.
É estranho, mas não irreal.
Essa autonomia que o mundo nos cobra é assustadora,
e quando nos deparamos com algo que depende apenas de nós,
nos rendemos ao medo.
Nos esquecemos que não somos somente atores,
mas também diretores, produtores, autores.
Cabe a nós, portanto, escolher o fim da trama.
Cada escolha direciona nossa história para um determinado fim.
Por isso, é preciso muito cuidado com cada escolha,
para que o fim desejado não seja totalmente contraditório ao contexto.
Por falar nisso, me dêem licença.
Vou parar por aqui, pois estou no ar.

15 comentários:

  1. Adorei seu texto! ARRASOU!
    A última frase foi a melhor,fechou com chave de ouro,
    Beeijo,
    =)

    ResponderExcluir
  2. "No ar" é para televisão. No cinema é "em cartaz", euacho :x
    Er, eu escrevi algo parecido, mas relacionando a vida a um teatro, o que não é muito diferente, com a excessão de uma coisa...
    No filme há os efeitos especiais. E eles podem vir contra ou a favor do personagem principal.
    Mas, no fundo, nós não somos os protagonistas das nossas vidas, vêsepode

    ResponderExcluir
  3. Primeiramente, belo blog, designer perfeito, e texto sensacional.
    Acho que a vida é mais que um filme na qual nós criamos, mas sim um misterio onde nem a gente mesmo sabe. Tudo tem seu tempo e sua hora.
    E esse texto retrata bem a vida. Parabéns.

    Ps : foi um prazer ter um comentário seu no meu blog.
    estou lhe seguindo, beijos.

    www.sragirotto.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Vim aqui hoje simplesmente pra agradecer sua visita e encontrei um mar de poesia, de coisas bonitas, de verdades...carregadas de sutileza suas palavras,carregadas de arte..concordo com tudo que disse pena que na vida real não há oscar para os melhores atores ,talvez até haja nós é que ainda não o descobrimos...
    e antes que esqueça obrigada pela visita no pipoca..
    bjbjbj

    ResponderExcluir
  5. Acho que além de todas os encargos que temos, ainda temos que aprender a conviver com as outras personagens , e na minha opinião, essa é uma das partes mais peculiares.

    Amei Duh !

    ;*

    ResponderExcluir
  6. Nossa vc seu blog ta sensacional... Parabens! EStava meio sumido d eblog's mas agora tô de volta... quando puder passa la!

    ResponderExcluir
  7. Com certeza Eduardo a vida qm nos faz somos nos proprios nao tem como viver um flme de aventura se nao corremos atras dessa aventura....crescer é essencial mesmo que seja dificil...e aproveitar a vida se torna unico..pq ela nao se repete..assim uma vida mal vivida propicia o pq nao fiz isso..ou aquilo....

    abraçao

    ResponderExcluir
  8. Rapaz, superou minhas lespectativas!

    Texto excelente...

    'Luz, Câmera,Ação...'

    ResponderExcluir
  9. E o Oscar vai para..
    Duuuuuuuu!!
    fantasticoooo..
    sem palavras,
    vc ta cada vez melhor..

    bjooo:*

    ResponderExcluir
  10. Meu filme, sem dúvida, é uma comédia.

    Muita gente foge da responsabilidade de ter que cumprir todas as funções e deixam que outras pessoas exerçam a funçao de autor da história. No fim o ator percebe que foi um árduo trabalho que não lhe trouxe nada d construtivo de verdade. Ae é tarde.

    ResponderExcluir
  11. Esqueceu de falar que a gente também faz umas pontas nos filmes dos outros.

    tri bom o texto!

    abraço

    ResponderExcluir
  12. Mais um texto demaaaais!!
    Gostei muito e concordo 100% contigo..
    somos os produtores, diretores, atores e tudo mais de nosso próprio filme de vida..
    e assim temos que levá-lo em frente, não importando se no meio ocorrem dramas, terror, lágrimas e risos.. o importante é fazer nosso filme dar certo, para que no fim da sessão possamos dizer "parabéns, este filme foi bem feito".

    abraços

    ResponderExcluir
  13. concordo em partes. infelizmente tem horas que a gente não consegue escolher o gênero e aí tem que aprender a lidar com uma situação daquelas.

    ResponderExcluir
  14. PABLO, NÃO PARE DE FILMAR!! aheiuahiea

    te amo PF

    ResponderExcluir
  15. Amo seu blog Duh!
    Por isso tem selo pra vc lá no meu rs
    Passa lá para pegar,
    Ficarei feliz =)
    Beeijo =*

    ResponderExcluir