sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Este texto não é um epitáfio do ano que acabou.
A vida caminha de maneira imprevisível
e a análise dos caminhos percorridos é feita em movimento.
Não há tempo de parar e rever nossos atos.
O tempo não para.
Ao terminar a leitura deste texto, você já não será o mesmo.
Assim como não é o mesmo desde que acordou esta manhã.
Tão pouco, não é mais aquele que fez promessas no início deste ano.
Subidas, tropeços, quedas e começos.
Em momentos assim, percebemos que somos uma constante soma.
Soma de sentimentos e razão.
Objetivos e vontades.
E o "talvez" se faz constante.
E ai percebemos que, apesar de agora parecer ter sido rápido,
muita coisa acontece durante um ano.
Conhecemos e reconhecemos muita gente.
Entendemos que certas coisas valem a pena.
Outras não.
Algumas coisas que nos eram essenciais
agora já nem são lembradas.
As preocupações que temos hoje,
ao final do próximo ano, talvez, também estarão esquecidas.
Assim como esta pessoa que somos agora.
E assim, em meio a este eterno contraste de sentimentos,
novamente um novo ano se inicia.
Você não precisa pular ondas ou comer sementes.
Pode até o fazer se isto te deixa feliz.
Entretanto, na primeira dificuldade você não se lembrará disso.
Promessas e pedidos de felicidade eterna são insanas.
Sua felicidade não depende do que você faz no momento em que o relógio zera.
Mas sim, dos seus atos durante todos os outros dias do ano.
Como já disse, este texto, não é um epitáfio do ano que acabou.
É apenas um lembrete:
Um novo ano se inicia.
Enfrente-o!

10 comentários:

  1. Muitoo bom Du ;) .. Vamos enfrentar 2011 e que ele seja melhor do que 2010 p/ tds nós =)
    beijos

    ResponderExcluir
  2. Tanta coisa aconteceu neste ano...
    e com ctz muitas outras acontecerão no próximo! perdas, sorrisos, lágrimas, vitórias!
    todo ano é assim, não?
    Cabe a nós mudarmos a maneira de enfrentar
    tudo isso! é isso q muda!

    E feliz nós novos! hehehe
    beijo!

    ResponderExcluir
  3. É, ainda bem que tu escreveu esse texto porque eu não o conseguiria.
    Tô vendo todo mundo fazer textos de agradecimentos, listinhas dpro ano novo e eu só não consigo. Não acho que tudo vá mudar porque é um novo ano.
    De qualquer forma, feliz ano novo Du. Muitas coisas boas pra você (também em 2012 e em 2013 se o mundo não acabar).

    ResponderExcluir
  4. bacana cara. Compartilho da sua ideia de que o que importa é o que fez ao decorrer de um ano ou mais...
    belo texto
    abraço

    ResponderExcluir
  5. Aai du, ficou perfeito! realmente, nossa felicidade nao depende do que voce faz no momento em que o relogio zera, e sim no decorrer do ano. ficou muito bom o texto, amei! beijo

    ResponderExcluir
  6. PF.
    esse texto, como já disse, foi o melhor que já li seu ( e olha q tem vaaaarios excelentes). É um lembrete da realidade e do que temos pela frente.
    Que 2011 venha recheado de boas surpresas
    =)
    Luv U.

    beijo

    ResponderExcluir
  7. Feliz ano novo Duh, paz saude sempre..
    abraçao

    ResponderExcluir
  8. Que lição de moral esse texto trás!

    ResponderExcluir
  9. E isso ai filho cada dia com encontros e desencontros o importante é vive-los porque a felicidade depende mesmo do que fazemos parabens que Deus te abençoe sempre

    ResponderExcluir
  10. é, vamos ver o que teremos que "enfrentar"em 2011. Bom ano pra nós :)

    ResponderExcluir